2 de set de 2011

Oficina Curricular: Leitura e Dramatização

Brincando com as fábulas.
Os 1ºs Anos se divertiram com as fábulas mais famosas de La Fontaine e Esopo!!!
Jean de La Fontaine (1621-95) nasceu na França, numa família que não chegava a ser rica, mas tinha posses. O pai queira que ele fosse advogado. Mas alguns mecenas (homens ricos e nobres que patrocinavam os artistas) se interessaram por ele. Assim, La Fontaine pôde se dedicar à carreira literária. Os livros de literatura adulta não sobreviveram. Suas fábulas, entretanto, escritas em versos elegantes, deram-lhe enorme popularidade. “Sirvo-me dos animais para instruir os homens”, dizia. Os animais simbolizavam os homens, suas manias e seus defeitos.

La Fontaine reeditou muitas das fábulas clássicas de Esopo, o pai do gênero. Da vida de Esopo, pouco se sabe. Provavelmente viveu na Grécia no século VI a.C. Ele seria escravo, corcunda e gago. Teria sido executado por haver cometido o crime de blasfêmia. Suas fábulas são curtas, bem-humoradas e trazem sempre uma moral no fim.

As mais famosas são: “A gansa dos ovos de ouro” (e não a galinha) e “A lebre e a tartaruga”.

As crianças amaram a fábula A cigarra e a formiga e confeccionaram formiguinhas de Biscuit, uma graça!
Gostaram também da fábula  Gato de Botas do Perrault, às vezes confundido com Irmãos Grimm, mas é francês e arrasaram na dobradura.

0 comentários:

Postar um comentário